Nelson Tembra Blog

Cidadania, Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente

Distribuição de riquezas deve permanecer desigual

Outra fonte primária e muito importante de riqueza que o Pará vai perder, no caso de ser aprovada a divisão do seu território, é a geração de energia elétrica.

A Eletrobrás considera que o Pará tem hoje potencial de geração hídrica quase equivalente a toda a potência instalada no Brasil, a maior parte dele concentrada em três grandes bacias – Tapajós, Xingu e Tocantins. As duas primeiras ficarão sob o domínio do Estado do Tapajós, enquanto a bacia do Tocantins, onde já opera a hidrelétrica de Tucuruí, ficará com o Estado de Carajás.

A riqueza produzida pelo Pará é distribuída hoje de forma desigual e assim deverá permanecer na hipótese de virem a ser criados os dois novos Estados. Do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, segundo dados de 2008 levantados pelo Idesp – calculado em R$ 58,5 bilhões – o remanescente do Pará responde hoje por 55,58%, Carajás por 33,46% e o Tapajós por 10,96%.

Embora participando com valor maior, o que será no futuro o Estado do Pará tem o menor PIB per capita, com média de R$ 3.958, enquanto o Tapajós alcança R$ 4.779 e o Estado de Carajás, turbinado pela riqueza da mineração, registra média de R$ 8.763.

Alguns municípios mineradores do sul e sudeste do Pará registram PIB per capita equivalente ao dos países mais ricos do mundo. É o caso, por exemplo, de Canaã dos Carajás, com R$ 48.639, e também de Parauapebas, cujo PIB per capita em 2008 alcançou R$ 45.225. (Diário do Pará)

>> Leia a matéria completa no site do Diário do Pará

Leia também:

15/05/2011: Separação do Pará pode gerar economias frágeis

15/05/2011: ACP é contra, FIEPA e FAEPA ainda tomam posição

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 15/05/2011 by in Blog do Nelson Tembra and tagged .

Navegação

SERVIÇOS AMBIENTAIS

Velocimetro RJNET

Estatísticas do Blog

  • 65,206 hits

Follow me on Twitter

%d bloggers like this: